Fé e emoção marcam visita da imagem de Nossa Senhora Aparecida na Câmara

por Konrad Felipe / Assessor de imprensa da Câmara de Barra do Garças — publicado 24/05/2017 10h55, última modificação 24/05/2017 15h29
A Câmara de Barra do Garças recebeu durante a sessão de segunda-feira (22/5), a imagem de Nossa Senhora Aparecida. A visita faz parte da comemoração dos 300 anos do encontro da imagem nas águas do Rio Paraíba do Sul.

A Câmara de Barra do Garças recebeu, durante a sessão de segunda-feira (22/5), a imagem de Nossa Senhora Aparecida. A visita faz parte da comemoração dos 300 anos do encontro da imagem nas águas do Rio Paraíba do Sul.

Após a abertura da sessão, o presidente da câmara, vereador Miguelão (PSB), convidou o padre Alfredo Haidler para realizar uma bênção, promovendo um momento de paz e serenidade para todos. Logo após, os vereadores e o público puderam agraciar a imagem.

O padre Alfredo da paróquia Santo Antônio disse que esse ato é muito importante para a fé dos católicos. “A imagem da Nossa Senhora Aparecida traz para os católicos fé e renovação. A imagem, além de visitar os principais órgãos públicos da cidade, é levada para dentro da casa das pessoas para que ela possa abençoar os lares dos barra-garcenses”.

 

 

 

Católico praticante, Miguelão ressaltou a importância da visita da imagem. “A bênção de Nossa Senhora Aparecida para nós vereadores é importante para a renovação da nossa fé. Eu como católico fiquei muito emocionado em fazer parte como presidente da câmara nesse momento”.

 

 

História  

A imagem de Nossa Senhora Aparecida foi encontrada nas águas do rio Paraíba em 1717 por três pescadores: Domingos Garcia, João Alves e Felipe Pedroso. De acordo com a história, eles foram designados a pescar para um banquete que seria oferecido ao governador da Província de São Paulo e Minas Gerais, o Conde de Assumar. Após várias tentativas frustradas de pesca, a rede voltou com uma imagem sem cabeça. Em seguida, os pescadores lançaram a rede novamente, que retornou com a cabeça da escultura. Ao lançar a trama mais uma vez, os pescadores viram-na cheia de peixes e atribuíram o fato a um milagre intercedido por Nossa Senhora da Conceição Aparecida. A fama dos poderes de Nossa Senhora foi se espalhando pelas regiões do Brasil e em 1929, o Papa Pio XI declarou Nossa Senhora Aparecida Padroeira do Brasil.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.