AL vai a Barra do Garças debater construção de ponte sobre o Rio Araguaia

por José Luis Laranja /Secretaria de Comunicação — publicado 20/09/2017 14h15, última modificação 20/09/2017 14h15
Colaboradores: Marcos Lopes/ALMT
A obra une os estados de Mato Grosso e Goiás, desafogando o trânsito na cidade de Barra do Garças (MT) e região, melhorando ainda o fluxo de veículos de carga

A Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso (ALMT) realiza audiência pública para debater junto à população dos municípios de Barra do Garças, Pontal do Araguaia e Aragarças (GO) a possibilidade da construção de uma ponte no Rio Araguaia, próximo ao Complexo do Parque Aquático Águas Quentes.

A iniciativa do debate é do deputado Adalto de Freitas (SDD), que atende ao interesse da população dos três municípios, principalmente, da classe dos mototaxistas, Clube dos Dirigentes Lojistas (CDL), cooperativas agrícolas e  a Associação dos Caminhoneiros.

“É um antigo sonho da população do Vale do Araguaia essa integração. Essa obra vai desafogar e melhorar o trânsito dos que necessitam circular pela região. A audiência vai trazer sugestões da população e, consequentemente, as autoridades poderão estudar alternativas para o início das obras envolvendo os governos dos dois estados (Mato Grosso e Goiás)”, afirmou o parlamentar.

Segundo o vice-prefeito de Barra do Garças, Welinton Marcos (PR), trata-se de um projeto ousado que vai unir os estados de Mato Grosso e Goiás em prol do desenvolvimento do Vale do Araguaia. A ponte vai ligar Barra do Garças ao trevo da Br-070 em Aragarças (GO).  “A população reclama há muito tempo por uma forma de aliviar o tráfego do bairro Anchieta e complexo turístico de Águas Quentes”, explicou o vice-prefeito.

Vale destacar que a proposta junto ao governador Pedro Taques que convidou o vice-governador de Goiás José Eliton para visitar a região e assinar um termo de intenção entre os dois estados para construção dessa ponte.

A construção dessa ponte ainda vai depender de um estudo técnico de engenheiros, sendo que, as atuais duas pontes que ligam Mato Grosso e Goiás em Barra do Garças foram construídas em 1955 e reformadas em 2007, e não comportam mais o trafego de carretas e caminhões entre os dois estados.

“Os três municípios (Barra, Pontal e Aragarças) são considerados uma só cidade dividida pelos rios Garças e Araguaia, onde com essa nova ponte vão ficar mais assistidas e compactadas”, disse o presidente da Câmara Municipal de Barra do Garças, Miguel Moreira da Silva (PSB).

Se construída, a nova ponte será a terceira sobre o Rio Araguaia unindo MT a GO, pois além da primeira obra, já existe em andamento a construção de outra no mesmo rio ligando Aragarças (GO) à cidade de Pontal do Araguaia.

A audiência será realizada nesta quinta-feira (21), às 19h, no auditório Câmara de Vereadores de Barra do Garças.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.