Audiência debate construção de ponte para melhorar trânsito em Barra do Garças

por José Luiz Laranja / Secretaria de Comunicação — publicado 22/09/2017 18h32, última modificação 22/09/2017 18h32
Colaboradores: Fotos: Karen Malagoli/ALMT
Os representantes da Secretaria de Infraestrutura de Mato Grosso (Sinfra), apresentaram um vídeo mostrando como ficaria a obra concluída e a viabilidade da construção da ponte com valores já definidos pelo governo do estado.

A população de Barra do Garças, Pontal do Araguaia e Aragarças (GO) discutiu, durante uma audiência pública, realizada ontem (22) à noite na Câmara Municipal de Barra do Garças, a possibilidade da construção de uma ponte no rio Araguaia, próximo ao Complexo do Parque Aquático Águas Quentes, como nova alternativa para melhorar o trânsito de Barra do Garças, no lado norte do município.

Os representantes da Secretaria de Infraestrutura de Mato Grosso (Sinfra), apresentaram um vídeo mostrando como ficaria a obra concluída e a viabilidade da construção da ponte com valores já definidos pelo governo do estado. As sugestões colhidas serão formatadas num documento pela equipe técnica e encaminhadas para a Sinfra finalizar os estudos.

O evento, realizado a pedido do deputado Adalto de Freitas (SDD), atende ao interesse da população dos três municípios, que sofre problemas de trânsito com grande volume de veículos que utilizam apenas a ponte “Arquimedes Pereira Lima”, construída há mais de 50 anos, e que atualmente não comporta o trânsito de carretas, motos, carros pequenos e ciclistas. “A importância em fazer a audiência pública é para ouvir a população e definir o local exato da obra. Essa é uma ação do governo do estado, que pretende realizar essa obra para atender os anseios da população”, afirmou o deputado.

De acordo com o parlamentar, a população barra-garcense sonha há décadas com essa obra, pois, “Barra do Garças é a cidade que mais recebe turistas na região do Vale do Araguaia, porém, sofre com a falta de infraestrutura terrestre”, alertou ele.

Durante a audiência, representantes do Clube de Dirigentes Lojistas, mostraram que a construção da ponte deverá incrementar o comércio de hotéis e de restaurantes na região, e o turismo deverá crescer com esse investimento. “Precisamos dessa nova alternativa que vai proporcionar novos investimentos para a sociedade. Quero crer que em 2018 possamos cruzar nas pontes do anel viário e, sonhar com essa outra ponte para atender as nossas necessidades”, disse Gabriel Novaes Filho, empresário do ramo de lanchonetes.

“O governador Pedro Taques tem recursos para a construção dessa ponte, que deverá custar entre 23 e 25 milhões de reais”, destacou José Carlos Ferreira da Silva, que representou o secretário-adjunto da Sinfra Marcos Catalano Correa.

O estudo preliminar feito pela Sinfra foi realizado num local mais estreito do rio Araguaia diminuindo o custo da obra. “A ponte teria cerca de 250 metros de comprimento e 14 de largura”, comentou Ferreira. Vale lembrar que, o transtorno maior dos moradores e motoristas da região se concentra na época do festival de praia, temporada de carnaval e período de escoamento da safra, quando milhares de veículos trafegam pela ponte.

“Nestes períodos a situação fica bastante complicada e como moro em Aragarças e tenho comércio em Barra do Garças, em muitas vezes fico muito tempo parado na fila para atravessar a ponte, Perco dinheiro e tempo”, disse o comerciante Marcos Roberto de Lima.

Com um a população estimada em 90 mil habitantes entre os três municípios (Barra do Garças estima em 60 mil, Aragarças tem 20 mil e Pontal possui 10 mil habitantes), a região vai ser contemplada nos próximos anos com mais duas pontes que estão sendo construídas no anel viário, porém, a construção dessa obra vai proporcionar desafogar o trânsito.

“A partir das 17 horas, o trânsito começa a ficar lento e o congestionamento é natural devido ao número de carretas” explicou o comerciante que reside em Pontal do Araguaia, Ernani Borges da Silva.

Segundo o vice-prefeito de Barra do Garças, Welinton Marcos (PR), o município cresce diariamente e necessita de melhores estruturas para atender a demanda da população. “Nesse momento, através do debate, vamos buscar alternativas para as pessoas que trabalham na região, assim como, aquelas que visitam o município. Espero que não fique apenas no debate, mas, que avance em todos os aspectos”, falou o vice-prefeito de Barra do Garças, Welinton Marcos (PP).

O vereador de Aragarças, Dulcindo Figueiredo, citou a importância da abertura da discussão da obra para o desenvolvimento dos três municípios. “Temos que começar o debate com os três municípios trabalhando unidos para obter a obra ao lado da população”, comentou ele.

O presidente das Associações dos Bairros de Barra do Garças, José Neto, falou sobre o crescimento da região, e que, o momento é de se apostar num sonho alto para realizar o sonho. “Todos os setores vão ganhar com essa obra, pois se um dos municípios desenvolve, os demais também vão crescer. Temos que aproveitar a oportunidade da parceria da Assembleia e do Governo na construção da ponte”, lembrou.

Para ver mais fotos da audiência pública, clique AQUI.