Com suspensão de Lei Placas são recolocadas no verdadeiro limite de Barra e Xavantina

por SECOM-BG — publicado 05/05/2017 19h15, última modificação 05/05/2017 19h15
Os secretários municipais Jairo Marques (Transportes e serviços) e Vander Lima (comunicação social) acompanharam a recolocação no verdadeiro limite dos municípios de Barra do Garças e Nova Xavantina, na ponte do córrego Zacarias na altura da BR-158.

Os secretários municipais Jairo Marques (Transportes e serviços) e Vander Lima (comunicação social) acompanharam a recolocação no verdadeiro limite dos municípios de Barra do Garças e Nova Xavantina, na ponte do córrego Zacarias na altura da BR-158.

A volta das placas ocorreu após a suspensão da Lei 10.500/2017, em uma ação declaratória de Chapada dos Guimarães, que foi acatada pela desembargadora Helena Maria Bezerra Povoas.

Além de Chapada, que perderia áreas para Campos Verdes e Nova Brasilândia, a lei afetava ainda outros 34 municípios, entre eles Barra do Garças que estava perdendo para Nova Xavantina cerca de 5 km quadrados, envolvendo mais de 10 grandes fazendas e afetando a vida da população qiue reside na região e depende do atendimento de educação e saúde do Distrito de Indianápolis pertencente ao município de Barra.

Além da liminar concedida pelo TJ várias outras ações têm como objetivo a suspensão da lei, uma delas do partido PRB junto a Supremo Tribunal Federal.

O secretário Jairo Marques reforçou a importância da suspensão da Lei,

"Conheço bem a região e além do município perder arrecadação a população da região perderia muito com a mudança pois dependem de tudo do distrito que é do.município de Barra, um grande erro foi corrigido".

Para o secretário Vander Lima a retirada da placa feita pela prefeitura de Nova Xavantina foi desnecessária,

"Foi uma atitude extremamente arrogante, que nao teria necessidade, deveriam ter aguardado o desfecho judicial e a partir daí solicitar ao DNIT a mudança do local da placa que sinaliza o limite dos municípios, nunca da forma que fizeram, mas o mais importante que a justiça foi feita e a placa está no lugar correto, no mesmo local que o órgão responsável implantou na época de colocação das placas", frisou.

Com a suspensão da lei o limite dos dois municípios voltou a ser no córrego Zacarias e a área até a Lagoa Azul volta a pertencer a Barra do Garças.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.