Coordenador do atletismo da equipe Barra do Garças Associação de Atletismo -BGAAT, prioriza a formação de cidadãos no trabalho com os atletas

por Joseima Schirmer / Gabinete do vereador Professor Sivirino — publicado 11/06/2018 19h45, última modificação 11/06/2018 19h45
‘‘Minha primeira preocupação é com o cidadão; os títulos são consequência’’, diz o treinador Professor Sivirino, que atende 400 crianças no Projeto Crescendo com o Atletismo e 32 atletas na Casa do Atletismo da Vila Olímpica.

As principais conquistas da equipe de atletismo BGAAT, que representa Barra do Garças nessa modalidade esportiva, não estão estampadas nas notícias sobre novos recordes ou títulos conquistados. Comandados pelo treinador Professor Sivirino, coordenador do Projeto Barra do Garças Associação de Atletismo, os atletas que se dedicam ao esporte na cidade são vencedores de uma competição mais importante: vindos em grande parte de famílias carentes, eles conquistaram, através da prática esportiva, o exercício da cidadania.

Sivirino dirige uma equipe de 32 atletas, de 12 a 26 anos, e coordena um projeto que atende 400 crianças em conta turno escolar na Vila Olímpica de Barra do Garças. ''Minha primeira preocupação é com o cidadão; os títulos são consequência'', opina. Há anos ele batalha para que os atletas tenham condições dignas para viver e se dedicar aos treinos.

Professor de educação física formado e pós-graduado pela Universidade Federal do Mato Grosso (UFMT), Sivirino considera-se acima de tudo um educador. ''Por isso me preocupo primeiro com a cidadania'', afirma ele. Os esforços não são poucos.  ''A recuperação da dignidade reflete no resultado nas pistas'', garante.

Através do programa Casa do Atletismo diversos títulos foram conquistados, dentre eles: campeões mato-grossense, campeões brasileiros, campeões sul americano e medalhistas em mundiais além dos excelentes resultados no atletismo paraolímpico.

A contrapartida vem através do comprometimento dos atletas com o projeto. Os que cursam faculdade de educação física, por exemplo, trabalham como voluntários nas oficinas atendidas. ''As crianças com mais aptidões são encaminhadas para treinamento'', diz Sivirino, que orgulha-se também de membros da equipe que se formaram em cursos diversos e constituíram família.

Para dar conta de tantas frentes, o técnico elabora variados projetos que são apresentados aos patrocinadores. ''É preciso garantir a continuidade dos trabalhos'', diz. Ele também conseguiu agregar vários voluntários que prestam serviços gratuitos aos atletas. São médicos, dentistas, psicólogos, professores de educação física que dedicam parte do seu tempo à equipe.

A simplicidade nos gestos e palavras disfarça a sabedoria do profissional que já viajou o mundo à frente de equipes de atletismo. Ele dirigiu os atletas brasileiros em várias competições internacionais. Sobre a experiência, ele afirma que a principal lição aprendida é a valorização da honestidade. ''O caráter, a dedicação e o estabelecimento de metas é que garantem bons resultados'', acredita.

Em 2018, ''Já temos dois rankings nacionais'', comemora o coordenador, que neste fim de semana acompanhou uma delegação de 24 atletas barra-garcenses e aragarcenses na disputa do CAMPEONATO ESTADUAL CAIXA DE ATLETISMO SUB-20 em Cuiabá.

A equipe de Barra do Garças viajou com sua melhor equipe dos últimos anos. “Os atletas encontram-se em grande fase. As expectativas são as melhores possíveis, buscaremos em 2018 não só muitas medalhas, mas também os melhores resultados como equipe. Toda equipe treinou pesado desde o início do ano. Todos são atletas muito focados, que têm objetivos a longo prazo” destaca Sivirino.