Mobilização socioambiental da Campanha da Fraternidade conta com parceria da Águas de Barra do Garças

por Thais Tomie/Assessoria de Comunicação-Nascentes do Xingu — publicado 09/03/2016 14h46, última modificação 09/03/2016 14h46
Promover o diálogo sobre a importância do saneamento básico e alertar sobre o valor destes serviços para a saúde e a qualidade de vida da população é a meta da Campanha da Fraternidade deste ano, que tem como tema “Casa comum, nossa responsabilidade”. Coordenada de maneira ecumênica pelo Conselho Nacional das Igrejas Cristãs (Conic), em Barra do Garças a campanha já promoveu ações como a Conferência de Saneamento Básico, realizada na última sexta-feira (04.03).

Promover o diálogo sobre a importância do saneamento básico e alertar sobre o valor destes serviços para a saúde e a qualidade de vida da população é a meta da Campanha da Fraternidade deste ano, que tem como tema “Casa comum, nossa responsabilidade”. Coordenada de maneira ecumênica pelo Conselho Nacional das Igrejas Cristãs (Conic), em Barra do Garças a campanha já promoveu ações como a Conferência de Saneamento Básico, realizada na última sexta-feira (04.03).

A Águas de Barra do Garças, que confirmou parceria nesta causa junto a coordenação local da Campanha da Fraternidade, esteve presente no evento ao lado de outras entidades para apresentar a cobertura e o funcionamento dos sistemas de água e esgoto e trocar conhecimentos em prol da preservação ambiental e do desenvolvimento do município.

Um dos pilares que movem os debates da Campanha é a criação de políticas públicas que garantam o acesso à água tratada para todos e também a prática de hábitos que preservem os recursos naturais. De acordo com o bioquímico e especialista em saneamento ambiental da concessionária, Reuber Bonfim Oliveira, hoje a área urbana de Barra do Garças conta com água com qualidade e regularidade, mas as ações da empresa são constantes para despertar o consumo consciente do recurso. “Sabemos que hábitos simples podem garantir que futuras gerações tenham acesso aos bens naturais. Nos últimos anos, mais de dois mil estudantes receberam palestras educativas e os trabalhos da empresa estão sempre voltados para oferecer um serviço de qualidade aliado à conscientização ambiental”, reforça.

Para o padre Claudio Alberto Eichinger, que faz parte da coordenação da Campanha da Fraternidade em Barra do Garças, a participação da concessionária e de outras entidades é fundamental para desenvolver o processo de conscientização ambiental da população. “A ajuda de parceiros nesta causa desperta neste primeiro momento uma provocação para a necessidade de envolver toda a sociedade. Sabemos que este é um processo lento e longo, mas precisamos reforçar o tema para que todos percebam a importância do saneamento básico para garantir a saúde e o cuidado com o meio ambiente. Esta é uma campanha que tem a ver com relevância social e por isso é importante a participação dos barra-garcenses para que se tornem multipli­cadores de ações socioambientais em suas comunidades”, explica.

Além da Águas de Barra do Garças, participaram da Conferência de Saneamento Básico, a diretoria do Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT), Ministério Público, Secretaria de Educação e membros de igrejas. Segundo o padre, a proposta é que todos os parceiros e autoridades religiosas e civis, ajudem nesta missão de promover a reflexão e ações concretas que despertam a consciência ambiental. Ele ainda destaca que estão previstas outras ações para reforçar a campanha.

BARRA DO GARÇAS – Além de ter toda área urbana abastecida com água tratada, o município possui hoje uma cobertura de 70% de rede de esgotamento sanitário, um índice que coloca a cidade entre uma seleta lista de cidades brasileiras que tem a cobertura dos serviços. Para melhorar ainda mais o índice de saneamento na cidade, a concessionária executa um conjunto de melhorias e obras que compõem um investimento de mais R$ 27 milhões nos serviços de água e esgoto do município para os próximos anos.