Mutirão Fiscal começa com grande adesão em Barra do Garças, negociação vai até dia 01 de Novembro

por SECOM-BG — publicado 16/10/2017 19h23, última modificação 16/10/2017 19h23
O Prefeito Roberto Farias e o Juiz Francisco Ney Gaiva falaram a imprensa na tarde desta segunda-feira (16) reforçando o mutirão fiscal, que teve início e vai até o dia 01 de novembro, possibilitando ao contribuinte regularizar sua situação fiscal com parcelamento de débitos referentes ao ISS (Imposto sobre serviços), IPTU e taxas municipais com descontos de juros e multas.

“É uma campanha que vem acontecendo também em outras comarcas e visa facilitar para que o cidadão regularize seus débitos fiscais e recupere a condição de retirar certidões ao mesmo tempo que recebe de volta em serviços por parte da gestão municipal com diversas ações na saúde, educação, entre outras, oportunidade também para desafogar o judiciário, reduzindo os processos judiciais”, disse o Juiz Francisco Ney Gaiva. 

O Prefeito Roberto Farias convidou a população para comparecer na Secretaria de Finanças para participar do Mutirão, “É uma oportunidade única e possibilitará ao Município desenvolver ações em benefício de todos, a situação é muito difícil com a crise e a falta de repasses, o Governo do estado está com 3 meses de atraso na saúde,, dívida que está próximo de R$ 20 milhões somando desde 2011, esse recurso proveniente do mutirão fiscal será fundamental para manter os serviços em bom funcionamento”, destacou Beto Farias.

O Mutirão foi possível graças a uma parceria da Prefeitura de Barra do Garças com o Tribunal de Justiça de Mato grosso. O prazo para a negociação vai até o dia 01 de Novembro e o pagamento da primeira parcela pode ser feito até o dia 06 de Novembro. Participaram da entrevista coletiva o presidente da Câmara municipal Miguel Moreira e os vereadores Gustavo Nolasco, Dr. Joãozinho e Murilo Valoes.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.